Para ter o Yoga como um modo de vida é preciso viver nos primeiro estágios do Yoga: Yama e Niyama.

Yama é praticar e viver de forma suave, equilibrada, sustentável e livre. Forma delicada e sem violência na fina linha da verdade e com generosidade material e espiritual, sem barreira de relacionamentos afetivos e sim alimentando todo os relacionamentos que temos nesse planeta.

Niyama significa estar apaixonado pela missão de eliminar os obstáculos da felicidade e ligações amorosas. Limpando e removendo os obstáculos que bloqueiam o movimento interno da energia pois acumulamos muitas tensões e alongamos demais ao invés de fazer nossos corpos se movimentarem mais equilibrados .

Respire menos, fitness é quando você aprender a fazer as coisas respirando menos e fazer mais coisas respirando menos, pense menos concentre-se mais. Escolha se sentir como você deseja, escolha ser feliz e não espere para ser feliz pois a felicidade não é algo que você espera mas sim algo que você escolhe e você pode escolher miséria, mas a felicidade é uma boa escolha se você quiser. Tenha desejo ardente de fazer o seu melhor. Estudo mais e descubra por que estamos aqui, o que somos e por que somos. Reconheça que estamos todos conectados,  conectados como uma mãe e seu filho no amor. Reconheça que vivemos em um oceano de amor

Tenha na vida três princípios:

  • Aproveite sua vida
  • Cuide do seu corpo
  • Ajude outras pessoas a desfrutar suas vidas

Aproveitar a vida  soa egoísta, mas você pode aproveitar a vida como uma escolha . O que você está fazendo e como você aproveita é uma escolha e uma boa escolha. Cuide do seu corpo, porque se não cuidar você não poderá fazer muito em sua vida e depois  ajude outras pessoas a desfrutar de suas vidas.

Se todos no mundo  vivesse assim, o mundo seria um lugar melhor , portanto, é com um compromisso pessoal de todos os dias dedicar um pouco a prática pessoal, seja Yoga, meditação ou caminhar. Separe esse tempo para se conectar com você mesmo para dar um pouco de amor , apreciação  e energia a si mesmo de modo que uma entenda o significado do suave amor próprio  e você poderá compartilhar com os outros.

Coloque você mesmo em primeiro lugar, cuide do seu próprio corpo em primeiro lugar, da sua própria saúde em primeiro lugar e uma vez que você tenha feito isso todos os dias um pouco, saia e compartilhe seus ensinamentos com amigos , família , pessoas que você ama, pessoas que você não conhece, pessoas que você não gostam e crie o Yoga mais importante, o Yoga da conexão para se conectar com os outros , se conectar com o mundo e eventualmente, reconhecer e apreciar o fato de que estar totalmente conectado o universo.

Interpretação do texto de Simon Borg-Olivier ” The most important yoga”

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>