Obrigado pela sua audiência e informamos que em agosto foi lançado o primeiro volume da coleção companheiro de pratica que foca na anatomia dos movimentos envolvidos no vinayasa flow e das posturas verticais. De uma olhada no livro fazendo download e adquira no site da Traço Editora

Vamos ao artigo…

Você já reparou como a bacia parece arrastar-se para trás quando curvarmos para a frente, especialmente no Uttanasana? Às vezes você pode ter a ajuda de um professor que empurra a bacia para a frente do sacro alinhando os quadris e ossos da perna para trás . Mas muitas veze, quando eles deixam de ajudar, a sua bacia volta à mesma posição…

Yoga

Pressionando os dedões no tapete -Uttanasana

Se você já teve esta experiência, aqui vai uma dica que você pode usar (para si próprio e para os seus alunos) para alinhar a bacia e os ossos dos membros inferiores perpendiculares ao chão. Como sempre, aqueça com Surya Namaskaras. Depois faça a Uttanasana. Envolva os quadríceps para endireitar os seus joelhos e isso ajuda a libertar os tendões através da inibição recíproca ajudando a alinhar os ossos que formam a articulação do joelho. Agora pressione a parte maior dos dedões  firmemente no tapete. Sinta como isso traz bacia para a frente e as pernas ficam direitas — Na posição pretendida com esta postura (Uttanasana).

Este é um exemplo de equilíbrio dos opostos no Yoga. Quando você dobra para a frente, a sua bacia vai naturalmente um pouco para traz para contrabalançar o peso do tronco, para que você não caia. Isto alinha os ossos das pernas afastando-os da posição perpendicular  ao chão. Idealmente, você quer que estes ossos estejam alinhados de modo a que os seus longos eixos estejam perpendiculares ao chão, o que tem vários efeitos benéficos. Em primeiro lugar, os ossos têm uma força de tensão que é semelhante ao do ferro fundido e uma força compressiva semelhante ao do concreto. O “Empilhamento” dos ossos de modo que a gravidade esteja dirigida para baixo através do eixo longo permitindo que você use essa força óssea passiva em vez da força muscular ativa para manter a postura. Em segundo lugar, o alinhamento dos ossos desta forma mais otimizada espalha as forças de reação da articulação uniformemente por toda a cartilagem do joelho. Se inclinar os ossos da perna para trás, estas forças são mais concentradas na parte da frente da articulação.

Porque  Isso Funciona? Física…

Os joelhos, os tornozelos e os dedos funcionam de forma diferente dos quadris e do tronco. Dobrando estas articulações move a extremidade em direção ao plano de trás do corpo, ao passo que flexionando os quadris move-se a extremidade em direção ao plano frontal do corpo.

Como Podem os Pequenos Ossos dos dedões dos Pés Fazer tudo  Isto? Física…

A força de contração destes músculos menores  é ampliada pela alavanca da perna que são mais compridas. Os dedões funcionam como um ponto de apoio para impulsionar a bacia para a frente e pôr os ossos da perna na posição vertical. Falando de outra forma, a bacia tem que vir para a frente para contrabalançar a força dos flexores do dedão.

Aqui está a Anatomia…
Yoga

Os longos flexores hálux no Uttanasana

O flexor longo do hálux começa a partir dos dois terços inferiores da parte de trás da fíbula e da membrana interóssea entre a tíbia e a fíbula. Insere-se na base da falange distal do dedo grande do pé. Isto significa que ele atravessa várias articulações, incluindo as articulações do tornozelo, subtalar e metatarsofalângica, ou seja, é um músculo poliarticular. Por isso, ele pode atua, para flexionar qualquer uma das articulações que atravessa.

O flexor curto do hálux começa a partir dos ossos cuneiformes medial e intermédio e um ligamento que ocorre entre os ossos calcâneo e cuboide. Então, divide-se numa cabeça medial e lateral. Estes inserem-se na base da falange proximal do dedo grande do pé, através dos ossos sesamoides medial e lateral, respectivamente. (Os ossos sesamoides são estruturas móveis envolvidas pelos ligamentos). O flexor curto do hálux serve para flexionar a articulação metatarsofalangiana do dedão do pé e também suporta o arco longitudinal do pé.

Use o Seu dedão em outras posturas …
ardha_chan_2

Usando esta técnica em Ardha Chandrasana.

Tente esta técnica num asana de uma perna só  como Ardha Chandrasana. Este é mais um exemplo da “portabilidade” dos princípios científicos entre os asanas. Combine esta dica com a sugestão de equilibrar os opostos do pé e tornozelo. Também pode adicionar a técnica sobre trabalhar com os deltoides para aprofundar o Uttanasana. Finalmente, aumente o diafragma, ativando os músculos acessórios para respirar profundamente durante a sua prática.

RECEBA O BOA YOGA POR E-MAIL

Um comentário

  • Adorei demais o site! Sugestão: gostaria de ler dicas para quem tem pés tortos (o meu, por exemplo, é chato, e com isso acabo tendo muita dificuldade em asanas de equilíbrio). Parabéns pelo trabalho!
    Beijos

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>