O que são os Mudras?

Mudra é uma palavra em  sânscrito que em português pode ter alguns significados como selo , marca ou gesto . Normalmente os mudras são usados ​​durante a meditação ou pranayama como uma forma de direcionar o fluxo de energia no corpo. O conceito aplicado no  Yoga é que  diferentes regiões das mãos estimulam diferentes áreas do cérebro . Através da aplicação de uma leve pressão nessas  áreas das mãos , você vai ” ativando” a região correspondente do cérebro.
Estas posições simbolizam também vários sentimentos , emoções e estados de ser . Nossas  mãos e seius gestos desempenham um papel em muitas sociedades e religiões que podem ser relatados pela historia. A igreja cristã usou e ainda usa muitos movimentos das mãos durante a missa – que simbolizam várias idéias importantes. Mesmo na cultura ocidental moderna, temos movimentos com as mãos que estão associados a significados : bater palmas, lançar um pombo, segurando as mãos para cima e as palmas das mãos abertas significando a rendição. Apesar de terem sido desenvolvidos há milhares de anos – o seu significado ainda é entendido e relevante.

Origem dos Mudras

A origem dos mudras é um mistério. Mudras são encontrados não só na Ásia, mas também são utilizados por todo o mundo. Em seus rituais, os antepassados ​​europeus, estavam familiarizados com gestos específicos, que eles usaram para colocar em evidencia e afirmar seu pensamentos. Durante a cristianização dos povos nórdicos, muitos gestos foram inicialmente proibidos,  como invocar os deuses com os braços levantados . Mais tarde, estes gestos foram parcialmente integrados nos ensinamentos cristãos. Se observarmos os vários gestos feitos por um padre rezando uma missa, talvez podemos perceber. Mas nossa vida cotidiana é também caracterizada por por muitos gestos e suas origens quase ninguém conhece : cruzamos os dedos para alguns , batemos as mãos para aplaudir, o aperto de mão, andar de mãos dadas, ou “mostrar o dedo” para exibir sentimentos de raiva .

Pran Mudra – Mudra da Vida

Efeito

  • Aumenta a vitalidade
  • Reduz a fadiga e nervosismo
  • Melhora a visão.
  • Aumenta nosso poder de assertividade
  • Auto-Confiança
  • Coragem de começar algo novo
  • Estruturação de ideias

 

Quantidade:
De para 5 a 30 minutos.  3 vezes ao dia

Chakras:
Chakra Raiz

Como executar:

Mão:

Pran muda, nervosismo

 Coloque a ponta do polegar, dedo anelar, e dedinho juntos. Os outros dedos permanecem estendidos
Respiração:

Pran muda, nervosismo

 Suave e profunda
Visualização:

Pran muda, nervosismo

 Em seu pensamento imagine uma árvore  em sua frente. Ao inalar, veja como a energia flui para as raízes e como as raízes se tornam mais forte. Enquanto expira, deixe o fluxo dessa força subira ao  tronco. Então indo para a folhagem e depois indo muito além da árvore para o céu e para o sol.
Afirmação:  Tenho um apetite saudável para as pequenas e grandes aventuras da vida. Eu irei saborear todos os  desafios com grande prazer e alegria.
Postura: 

Pran muda, nervosismo

 Sentado em uma postura conformável (Lotus) , firme-se ao chão e com a coluna ereta. Para iniciantes sente-se em uma almofada deixando as pernas mais baixas.

Utilize esse mudra por pelo menos por 3 semanas diariamente, deixe seu comentário abaixo para esclarecer duvidas ou para relatar usas experiencias.

Exitem muitos outros conceitos sobre os Mudras mas para praticidade do artigo foram omitidos e serão abordado aos poucos nos próximos artigos.

 Bibliografia :
Mudras: Yoga in Your Hands
Mudras of India: A Comprehensive Guide to the Hand Gestures of Yoga and Indian Dance

Comments