Consumo de carne e proteção do meio ambiente

Você acha que consumir carne e proteger o meio ambiente combinam?
Pense bem! O consumo de carne resulta num desastre para o meio ambiente que ainda dará trabalho às gerações futuras. Você sabia disso?

Poluição do meio ambiente

A indústria de carne é uma das maiores responsáveis pela poluição da água. Somente os animais criados para o consumo humano nos Estados Unidos produzem uma quantidade de excrementos 130 vezes maior do que a de toda a população mundial: 39.000kg por segundo. Uma criação de porcos média produz tantos excrementos quanto uma cidade com 12.000 habitantes.

Terra

Cerca de 80% das áreas cultiváveis são usadas para a criação de animais. Em um hectare de terra podem ser plantados 22.500kg de batatas, mas, na mesma área, só podem ser produzidos 185kg de carne bovina.

Água

A pecuária é uma das maiores consumidoras de água. São necessários de 20.000 a 30.000 litros de água para produzir 1kg de carne, mas apenas 150 litros de água para 1kg de trigo. A produção de um único hambúrguer consome uma quantidade de água suficiente para 17 banhos de chuveiro.

Desmatamento

A criação de animais de corte é responsável por 90% do desmatamento de florestas tropicais. Para cada hambúrguer “Big Mac” de carne bovina são necessários 50m2 de floresta.

Energia

Nos Estados Unidos, mais de um terço de todas as matérias primas e dos combustíveis fósseis são usados na criação de animais para consumo humano. A produção de um único hambúrguer consome a mesma quantidade de combustível fóssil que um carro popular pequeno em um percurso de 32km.

Comer menos proteína animal também é bom para a saúde

Probabilidade de morrer de enfarte:

para quem come carne 50%
para vegetarianos 15%

Probabilidade de morrer de câncer

para quem come carne 24%
para vegetarianos 8%

Percentagem de DDT no leite materno

da mãe que come carne 97%
da mãe vegetariana 8%

Fonte: www.taps.org.br

(Revisão gramatical: Ida Gouveia/Oficina das Letras)

RECEBA O BOA YOGA POR E-MAIL