A história do Deus Ganesha

No hinduísmo, Ganesha é uma das mais conhecidas e veneradas representações de Deus.
Ele é o primeiro filho de Shiva e Parvati e é considerado o mestre do intelecto e da sabedoria.
É representado como uma divindade amarela ou vermelha, com uma grande barriga, quatro braços e a cabeça de elefante, com uma única presa, montado em um rato.
Seu corpo é humano, enquanto  a cabeça é de um elefante; ao mesmo tempo, seu transporte (vahana) é um rato. Desta forma, Ganesha representa uma solução lógica para os problemas.
É adorado junto a Lakshmi (a deusa da abundância) pelos mercadores e homens de negócio (a razão sendo a solução lógica para os problemas e a prosperidade).
Ganesha é conhecido também como o destruidor da vaidade, egoísmo e orgulho.
Ele representa o perfeito equilíbrio entre força e bondade, poder e beleza. Também simboliza as capacidades discriminativas que proveem a habilidade de perceber a distinção entre verdade e ilusão, o real e o irreal.

Escute no link o Ganesha Mantra Ganesha Mantra by Musica Indiana Brasil

Gajananam Bhuta Ganathi Sevitam
Kapittha Jambu Palasara Bhaksitam
Uma Sutam Shoka Vinasha Karanam
Namami Vigneshwara Pada Pankajam

He who has the face of an elephant, one who is worshipped by the Bhootha ganam, He who eats the essence of kapitha and Jumbu fruits, He who is the son of Uma Devi and He who allieviates the ill feelings in us. Oh! Lord Vigneshwara who is an embodiment of all the above, we offer our Namaskarams at your Divine feet.

Citação encontrada no Ganapati Upanishad

Om Gam Ganapataye Namah ॐ गम गणपतये नमः
Literalmente: “eu Te saúdo, Senhor das tropas”.
Nos Vedas (Rig Veda 2.23.1) pode ser encontrada uma das mais importantes e comuns orações a Ganesha, na parte que constitui o início do Ganapati Prarthana:

Om ganaman tva ganapatigm havamahe kavim kavinamupamashravastanamjyestharajam brahmanam brahmanaspata a nah shrunvannutibhih sida sadanam

Escute no link abaixo Ganesha Stotram

Ganesha Stotram by  Musica Indiana Brasil

O Deus da fortuna

Em termos gerais, Ganesha é uma divindade muito amada e freqüentemente invocada,
já que é o Deus da Boa Fortuna – quem proporciona prosperidade e fortuna – e também
o Destruidor de Obstáculos, de ordem material ou espiritual.
É por este motivo que sua graça é invocada antes de iniciar qualquer tarefa (por exemplo: viajar, prestar uma prova, realizar um assunto de negócios, uma entrevista de trabalho,  uma cerimônia) com Mantras como:

Om Shri Ganeshaya Namah ॐ श्री गणेशाय नमः
Saudações ao removedor de obstáculos.

É também por esse motivo que, tradicionalmente, todas as sessões de kirtans (cântico devocional) iniciam com uma invocação de Ganesha, o Senhor dos “bons inícios”.
Por toda a Índia de cultura hindu, o Senhor Ganesha é o primeiro ídolo colocado em qualquer nova casa ou templo.

Atributos corporais

ganesha_symbolism2

Cada elemento do corpo de Ganesha tem seu próprio valor e significado:

ॐ     A cabeça de elefante indica fidelidade, inteligência e poder discriminatório;

ॐ    O fato de possuir apenas uma única presa (a outra estando quebrada) indica a habilidade de Ganesha de superar todas as formas de dualismo;

ॐ    As orelhas abertas denotam sabedoria, habilidade de escutar pessoas que procuram ajuda e para refletir verdades espirituais. Elas simbolizam a importância de escutar para poder assimilar idéias. Orelhas são usadas para ganhar conhecimento. As grandes orelhas indicam que quando Deus é conhecido, todo conhecimento também é;

ॐ    A tromba curvada indica as potencialidades intelectuais que se manifestam na faculdade de discriminação entre o real e o irreal;

ॐ•    Na testa, o Trishula (arma de Shiva, similar a um Tridente) é desenhado, simbolizando o tempo (passado, presente e futuro) e a superioridade de Ganesha sobre ele;

ॐ    A barriga de Ganesha contém infinitos universos. Simboliza a benevolência da natureza e equanimidade, a habilidade de Ganesha de sugar os sofrimentos do Universo e proteger o mundo;

ॐ    A posição de suas pernas (uma descansando no chão e a outra em pé) indica a importância da vivência e participação no mundo material assim como no mundo espiritual, a habilidade de viver no mundo sem ser do mundo;

ॐ    Os quatro braços de Ganesha representam os quatro atributos do corpo sutil, que são: mente (Manas), intelecto (Buddhi), ego (Ahamkara), e consciência condicionada (Chitta).

ॐ    O Senhor Ganesha representa a pura consciência – o Atman – que permite que estes quatro atributos funcionem em nós;

ॐ    A mão segurando uma machadinha é um símbolo da restrição de todos os desejos, que trazem dor e sofrimento. Com essa machadinha Ganesha pode repelir e destruir os obstáculos. A machadinha é também para levar o homem para o caminho da verdade e da retidão;

ॐ    O chicote nos fala que os apegos mundanos e desejos devem ser deixados de lado;

ॐ    A terceira mão, que está em direção ao devoto, está em uma pose de bênçãos, refúgio e proteção (abhaya);

ॐ    A quarta mão segura uma flor de lótus (padma), e  simboliza o mais alto objetivo da evolução humana, a realização do seu verdadeiro eu;

O Senhor cuja forma é OM

Ganesha é também definido como Omkara que significa “tendo a forma de Om”. De fato, a forma do seu corpo é uma cópia do traçado da letra Devanagari que indica este grande Bija Mantra. Por causa disso, Ganesha, que está na base de todo o mundo fenomenal, é considerado a encarnação corporal do Cosmos inteiro. Na língua tâmil, a sílaba sagrada é indicada precisamente por uma letra que relembra o formato da cabeça de Ganesha.

Ganesha e o Rato

De acordo com uma interpretação, o divino veículo de Ganesha, o rato ou mushika representa sabedoria, talento e inteligência. Ele simboliza investigação diminuta de um assunto difícil. Um rato vive uma vida clandestina nos esgotos, portanto, é também um símbolo da ignorância que é dominante nas trevas e que teme a luz do conhecimento. O rato representa o ego, a mente com todos os seus desejos, e o orgulho da individualidade. Ganesha, guiando sobre o rato, se torna o mestre (e não o escravo) dessas tendências, indicando o poder que o intelecto e as faculdades discriminatórias têm sobre a mente.

Como ele obteve sua cabeça de elefante?

A mais conhecida história é provavelmente aquela encontrada no Shiva Purana. Uma vez, quando sua mãe Parvati queria tomar banho, não havia guardas na área para protegê-la de alguém que poderia entrar na sala. Então ela criou um ídolo na forma de um garoto, esse ídolo foi feito da pasta que Parvati havia preparado para lavar seu corpo. A deusa infundiu vida no boneco, então Ganesha nasceu. Parvati ordenou a Ganesha que não permitisse que ninguém entrasse na casa e Ganesha obedientemente seguiu as ordens de sua mãe.

legends-of-ganesha

Dali a pouco Shiva retornou da floresta e tentou entrar na casa, Ganesha parou o Deus. Shiva se enfureceu com aquele garotinho estranho que tentava desafiá-lo. Ele disse a Ganesha que  era o esposo de Parvati e poderia entrar. Mas Ganesha não obedecia a ninguém que não fosse sua querida mãe. Shiva perdeu a paciência e teve uma feroz batalha com Ganesha.

No fim,  decepou a cabeça de Ganesha com seu Trishula (tridente). Quando Parvati saiu e viu o corpo sem vida de seu filho, ela ficou triste e com muita raiva. Ela ordenou que Shiva devolvesse a vida de Ganesha imediatamente. Mas, infortunadamente, o Trishula de Shiva foi tão poderoso que jogou a cabeça de Ganesha muito longe.

Todas as tentativas de encontrar a cabeça foram em vão. Como último recurso, Shiva foi pedir ajuda para Brahma que sugeriu que ele substituísse a cabeça de Ganesha pela do primeiro ser vivo que aparecesse em seu caminho com sua cabeça na direção Norte. Shiva então mandou seu exército celestial (Gana) para encontrar e tomar a cabeça de qualquer criatura que encontrarem dormindo com a cabeça na direção norte. Eles encontraram um elefante moribundo que dormia desta maneirae, após sua morte, tomaram sua cabeça e a colocaram no corpo de Ganesha trazendo-o de volta à vida. Dali em diante ele passou a ser chamado de Ganapathi, ou o chefe do exército celestial, que devia ser adorado antes de iniciar qualquer atividade.

O respeito de Ganesha por seus pais

Uma vez ocorreu uma competição entre Ganesha e seu irmão Kartikeya para saber quem conseguiria dar a volta aos três mundos mais rápido, e então ganhar o fruto do conhecimento. Karthikeya foi em uma jornada pelos três mundos, enquanto  Ganesha apenas andou ao redor de seus pais. Quando perguntado por que fez isso,  respondeu que para ele seus pais representam todos os três mundos, e então lhe foi dado  o fruto do conhecimento.

Os nomes de Ganesha

Assim como outras Murtis hindus (Deuses e Deusas), Ganesha tem muitos outros títulos de respeito ou nomes simbólicos, e é frequentemente venerado através do canto dos sahasranama (mil nomes). Cada um é peculiar e carrega um sentido único ,   representando um aspecto diferente do deus em questão. Quase todos os Deuses Hindus têm uma ou duas versões aceitas de suas próprias liturgias dos mil nomes (sahasranam).

Alguns dos nomes de Ganesha são:

•    Ameya – sem limites

•    Anangapujita  – o Sem-Forma

•    Omkara – com o corpo na forma do OM

•    Balachandra – aquele que carrega a lua em sua cabeça

•    Chintamani – aquele que retira as preocupações

•    Gajakarna – aquele com orelhas de elefante

•    Gajanana – aquele que possui a face de um elefante

•    Ganadhyaksha – o líder das massas

•    Ganapati – condutor dos Ganas, uma raça de seres anões do exército de Shiva

•    Gananatha – senhor dos Ganas

•    Gananayaka -senhor de todos os seres

•    Ekadanta – com somente uma presa

•    Lambodara – de grande barriga

•    Mushika Vahana – aquele que conduz o rato

•    Pillaiyar Filho Nobre

•    Sumukh – aquele que tem uma bela face: Ganesha é dito possuir todas as qualidades da Lua, que também é chamado o Deus da beleza, e por isso ele é conhecido como Sumukh.

•    Vakratunda – tromba curvada

•    Vighnaharta – removedor de obstáculos

•    Vighnesh ou Vighneshvara – controlador dos obstáculos (Vighna = obstáculos, eshwara=senhor)

•    Vikat – o feroz

•    Vinayaka – líder

•    Vishvadhara ou Jagadoddhara – aquele que mantém o universo

•     Vishvanata ou Jagannatha – Senhor do Universo

Jaya Ganesha Jay!

Sandro Shankara, é professor de música indiana há 17 anos, graduado em musicoterapia, dedica sua vida a musica indiana no Brasil. Seu site é www.musicaindiana.com.br

 

2 comments

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>