Pri_Leite_Boa_Yoga_Peixe

Eu amo sentir o vento e o sol na minha pele molhada após um mergulho no mar. Isso me faz sentir parte desse imenso sistema ecológico. E quando eu olho pro mar, pras árvores na minha caminhada diária ou para as rosas no meu jardim, me faz reflitir como cada uma das minhas precoupações são pequenas diantes da beleza e da generosidade da natureza.

Estar em contato com a natureza, como simplesmente olhar as montanhas ou o mar pela janela do carro ou de casa, alivia ansiedade, stress e aumenta concentração. Segundo alguns pesquisadores, incluindo a prof. especialista em pisicologia ambiental, Andrea Faber Taylor da Universidade de Illinois, nós temos dois tipos de atenção. A primeira se chama “atenção direta” e requer foco e concentração, por exemplo: quando estamos dirigindo, estudando, fazendo escolhas. Atenção direta requer muita energia pela nossa parte e pode ser desgastante. Como quando estudamos muito para uma prova e sentimos o nosso cérebro “fritar”! Quando mentalmente cansados a nossa abilidade de tomar boas decisões e estar ciente de nossos impulsos negativos diminui.

A melhor maneira de restaurar a “atenção direta” é ativando a nossa “atenção indireta.” Essa ocorre quando dorminos. No entanto, dormir não é o suficiente, precisamos de experiências restaurativas. A nossa “atenção indireta” entra em ação quando meditamos, olhamos para uma fogueira ou para plantas. Observar a natureza oferece uma oportunidade para que a nossa “atenção direta” descanse e para que as nossa mente tranquilize.

A mente e o corpo relaxa quando olha pra campos verdes e céus azuis. Cientistas já sabem há um bom tempo que pacientes internados no hospital com a janela voltada para grama, árvores ou céu demoram menos para se recuperar do que os pacientes com a janela voltada para uma parede de cimento ou murais de propaganda.

Por isso, se você não estiver se sentindo bem, ao invés de se trancar em casa assistindo tv, ou atrás do computador, vai caminhar sob a luz das estrelas, nadar no mar ou rio, fazer um jardim ou passear no parque! Tire os seus sapatos e caminhe descalço na grama, na terra ou na areia. Permita que os íons negativos da terra entrem as solas dos seus pés e recarregem a sua alma. Acalme a sua mente olhando para a via Láctea, ou simplesmente sinta o aroma das flores ou da terra após a chuva.

E melhor ainda, faça passar tempo com a natureza uma prioridade na sua vida. Exercite, medite e faça yoga ao céu aberto. Encontre pessoas que você ama e socialize em um mergulho, um acampamento, um passeio na montanha ou cultivando uma horta! Eu confio que se você permitir-se um tempo toda a semana para interagir com a natureza, pra ficar consciente na natureza, ver e sentir, você vai imediatamente viver os profundos benefícios em sua mente, corpo e espírito.

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>