Neste artigo vamos examinar o músculo reto femoral e sua relação com as posturas no Yoga, começando com uma visão geral do músculo e como ele se estende. Concluímos com alguma sinergia interessante que pode ocorrer entre o reto femoral e glúteo máximo em posturas em que tanto o quadril e joelho estão estendidos, como Guerreiro I.

Sobre  a anatomia …

O reto femoral é uma das quatro cabeças do músculo quadríceps. Insere-se a partir da espinha ilíaca inferior anterior até o  tendão do quadríceps,  que junta-se na  patela . A patela, em seguida, junta-se ao tubérculo tibial através do tendão patelar. O reto femoral cruza, assim, tanto o quadril e joelho tornando-se um músculo bi-articular. Note-se que as outras três cabeças do músculo quadríceps só cruzam a articulação do joelho e são mono-articulares (figura 1).

retofemural

Figura 1: O músculo reto femoral com a sua origem e inserção.

 

O reto femoral combina com o resto do quadríceps para estender a articulação do joelho. Ele também atua como um agente sinérgico de flexão de quadril e aumenta a atividade com abdução e rotação externa da articulação do quadril. A figura 2 ilustra esto na postura Supta Padangustasana.

rectis_femoris_supta_pada

Figura 2: O reto femoral contraindo para de flexionar o quadril e estender o joelho em Supta Padangustasana.

 

O melhor forma de alongar o reto femoral são em posturas que combinam a extensão do quadril e flexão do joelho. Posturas como Virasana (com a flexão quadris) são bons para alongar os cabeças dos  quadríceps, no entanto, uma variação reclinável é necessário para alongar o reto femoral. A Figura 3 ilustra duas posturas que alongam  esse músculo.

rectis_femoris_stretch

Figura 3: Alongando o reto femoral, o quadril e a flexão do joelho

 

Finalmente, a figura 4 ilustra a relação “antagonista / sinérgico” entre o reto femoral e glúteo máximo na postura do  Guerreiro I. O glúteo máximo é um extensor do quadril e, portanto, um antagonista do reto femoral para esta ação. Se o pé é fixado no tapete, contraindo o glúteo máximo inclina a pelve. Inclinar a pelve para trás e para baixo cria uma atração sobre o reto femoral, que é transmitida para a articulação do joelho, levando a extensão mais eficiente do joelho. Desta forma, o glúteo máximo é um sinérgico indireto da extensão do joelho.

rectis_femoris_warrior1

Figura 4: A relação antagonista / sinérgica do glúteo máximo para o reto femoral.

 

 

Dê uma olhada nos livros da Bandha Yoga em português na página da Traço Editora para aprender mais como combinar a ciência ocidental com a arte do Yoga…
Namastê

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>