alho-beneficiosDesde os tempos muitos remotos, o alho é conhecido por suas qualidades místicas e terapêuticas. Os textos bíblicos já o mencionava. Os egípcios, já no 5 milênio a.C., conheciam suas propriedades estimulantes. Figura como um condimento largamente utilizados.

Na antiguidade utilizavam-se para espantar os espíritos malignos. Os hebreus, na ocasião do Êxodo, consideravam como uma das mais preciosas riquezas abandonadas no Egito. os médicos na antiguidade utilizavam para realizar suas curas milagrosas.

Na Idade Média, o alho era extremamente popular em Arras (França). Faziam-se sopas de alho. Os habitantes da Picardia e de Artoir são ainda aficionados a essa sopa e tortas de “porjon”, que é o nome local do alho. Na Inglaterra, o alho é igualmente popular. Houve um clube, em Peebles leek, que tinha por objetivo a melhorar o cultivo desta hortaliça. Todo ano era dada uma recompensa a quem conseguisse obter o melhor alho.

Assinalamos a titulo de curiosidade que desde a batalha de Cressy, o alho simboliza o País de Gales. Até hoje, os habitantes deste país, usam o alho como emblema nacional no dia festa de seu patrono, São David, o antigo rei dos gauleses.

O alho contém enzimas, hormônios sexuais, as vitaminas B!, B2, PP e C, provitamina A,sais minerais e oligoelementos. Ó timo antibiótico, se usado no local, evita a proliferação de germes. os soldados russos carregavam alho, durante a II Guerra Mundial, que  esmagavam nos bordos das feridas para evitar infecções.

O bolbo cru acalma rapidamente as picadas de insetos.

Existe uma variedade chamada Alho-Porro (Allium Porrum), mais conhecido  como alho-macho, cujas propriedades ultrapassam os alhos normais.

O alho possui as seguintes propriedades: antidiabético, antiespasmódico, anti-séptico, calicida, diurético, emoliente, expectorante, estimulante, hipotensor, tônico  e vermífugo.

De preferência, utilizá-lo cru, externa ou internamente. A água de sua cozedura se tiver pouco sal tem um elevado poder diurético.