Os psoas é unido as vértebras da parte inferior das costas, o movimento repetitivo pode começar a puxar a vértebra inferior para a frente, em uma curva lombar exagerada (uma curva que é ligeiramente mais profunda do que o normal). Se nossos músculos do núcleo, como o transverso do abdome, piso pélvico e oblíquo não são fortes o suficiente para impedir esse movimento, podemos começar a sentir dores nas costas. (Clique aqui para ler o artigo sobre a anatomia dos psoas)

Neste caso, alonga os psoas e fortalecer os músculos do núcleo é absolutamente essencial. Alongar o psoas é incrivelmente simples – é melhor fazer quando em uma posição suave da lua crescente.

Relaxamento corporal Yoga, Estresse e Relaxamento do corpo

O músculo Iliopsoas é também conhecido como um músculo de luta ou fuga, o que significa que ele responde imediatamente em uma situação estressante por contração, para impulsionar o corpo longe de uma situação perigosa ou ajudando a puxar o corpo para uma posição semi-fetal como um forma de protegê-lo de danos.

Por causa disto, se você está passando por muito estresse no seu dia-a-dia, o Iliopsoas pode ter tendência a ser hiper- contraídos, e se isso durar longos períodos, pode começar a puxar a vértebra inferior para a frente, apertando toda a área em torno da pelve e abdômen, e enfraquecendo a parte inferior das costas.

Estresse afeta a todos de forma diferente, o que também faz que a estratégia de relaxamento seja única para cada pessoa. Um ótimo começo é aprender a relaxar seu corpo. Respire fundo e devagar até começar a sentir as tensões dissolverem, leia o artigo sobre o despertar dos psoas e tenha certeza de sempre visitar a esse pratica para manter esse músculo alongado e saudável.

Dê uma olhada nos livros da Bandha Yoga em português na página da Traço Editora para aprender mais como combinar a anatomia da ciência ocidental com a arte do Yoga…

Namastê

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>