O PRANAYAMA é conhecido como exercício respiratório. Mas é muito mais do que isso. Pranayama significa controle do Prana, a força da vida. Ou ainda, extensão e expansão da dimensão do Prana. Com as técnicas de pranayama podemos ativar e regular essa força vital, concentrando altos níveis dessa energia em nosso corpo sutil.

Tudo que está ao nosso redor possui Prana, a energia sutil. Por isso, nosso estilo de vida incluindo alimentação, atividades físicas, trabalho, sono e relações sexuais afetam a distribuição e o fluxo de Prana. As técnicas de Pranayama revertem a desvitalização dos órgãos e até pequenas disfunções metabólicas decorrentes de irregularidades no estilo de vida, alimentação inadequada e stress.

A maior parte das pessoas, respira incorretamente. O Pranayama prepara o indivíduo para treinar sua respiração, ampliando sua capacidade pulmonar. No corpo, podemos observar como consequência uma reeducação dos músculos da cavidade pulmonar e a ampliação na região torácica, Observamos ainda um estado de calma e tranquilidade, quando deixamos nossa respiração rítmica, lenta e profunda. A energia bloqueada em padrões mentais, muitas vezes inconsciente, é liberada, e o Prana flui livremente pelas Nadis (canais de energia por onde o Prana circula).

O Pranayamana é uma forma de trazer saúde para todo o nosso corpo e preparar nosso corpo-mente para a meditação. “Há uma conexão íntima entre a respiração, as correntes nervosas e o controle dos Pranas interiores ou forças vitais. O Prana se torna visível no plano físico, como movimento e ação, e no plano mental como pensamento. Pranayama é o meio pelo qual o yogue tenta realizar, dentro de seu corpo, toda a natureza cósmica e se esforça para atingir perfeição por acessar todos os poderes do Universo”, diz Swami Satyananda Sarasvati

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>