yoga brasil

Patanjali colocou Yama e Niyama antes dos asana nos oito caminhos do Yoga . Muitos aprendem  primeiro os asanas, sem referência aos outros membros essenciais na árvore do Yoga. A base da filosofia clássica é de difícil compreensão por serem muitas vezes textos complexos e sem aplicação prática na sociedade atual por terem sido escritos milhares de anos atrás. Pensando nisso começo a expor minhas reflexões de como incorporar Saucha (Pureza) na pratica dos asanas podendo servir como ponte para utilizar no cotidiano.

 

Saucha (limpeza)

O palavra saucha pode ser interpretada como ” Pureza”. Mas saucha  em sua raiz tem preocupação com a manutenção de energias distintas. Saucha garante e protege a pureza da energia que nos rodeia e podemos pratica-la nas aulas de Yoga através da limpeza física ao evitar praticar Yoga com o corpo exalando odores e limpando o tapete encharcado de suor endereçando a manutenção das energias sutis.

Outras várias maneiras de incorporar os ensinamentos do saucha:

– Arrumando seu tapete , adereços e cobertores de forma organizada para ninguém ter que organizá-los . Esta prática irá ajudar a cultivar a consciência a sua volta.

– Consciência sobre tapetes dos outros praticantes e evitar pisar sobre eles quando cruzar pela sala para buscar algo. Isso não é apenas uma prática higiênica , mas também ensina a importância de manter a energia da sua própria prática distinta da energia dos outros . Na prática dos asana , o tapete representa o mundo , a maneira como tratamos o nosso tapete reflete a forma como tratamos o mundo. À medida que você apende a lidar com o seu tapete com cuidado você esta também aprendendo a essência do respeito por todas as coisas.

– Quando todos estão em forma de fila  ou em um círculo , as energias tendem a fluir de forma ordenada mantendo a energia da sala limpa . Se os tapetes não estiverem de forma organizada, a energia de um aluno interfere com a energia do outro. Assim se cada um alinhar-se de forma organizada, um efeito sinérgico ocorre e a energia ajuda uns ao outros para executar os asanas .

Citando o “Om” ou outro mantra no começo da aula cria uma separação entre o dia normal e da prática do Yoga. Sitando o “Om” novamente no final da aula serve para voltar para o mundo normal. Essa separação de energias também é saucha.

Tente colocar estes conceitos em suas práticas e com o tempo sairá da aula e irá para o seu dia a dia.

 

Fonte incorreta, ofensivo, ou encontrou um erro de digitação? Ou você quer escrever para o Boa Yoga?

 

 

2 comments

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>