Encontrar nosso próprio ritmo é como encontrar nossa música pessoal; mais do que meu nome, minha personalidade.
Minha respiração tem um ritmo, meu andar tem um ritmo, meu mastigar tem um ritmo, minha fala e meus gestos, têm ritmo. Há um ritmo embutido em nós. Qualquer ação que viole esse ritmo intrínseco não pode ser alegre.

É só observar a natureza e compreender o quão perfeito e fantástico é esse mecanismo. O movimento de vai e vem das ondas… o desabrochar de uma flor… Tudo ritmicamente operando, de forma precisa e perfeita. Sem ansiedades. Alguém já viu um golfinho ou uma mariposa estressados? Os únicos animais que eventualmente mostram sinais de comportamento neurótico são os que vivem em contato íntimo com os seres humanos e assim se ligam à mente humana e à insanidade deles.

Observe as plantas e animais, aprenda com eles a aceitar aquilo que é. Deixe que eles lhe ensinem o que é Ser, o que é integridade – estar em unidade, ser você mesmo, ser verdadeiro.

yoga_and_rhythm_2-300x195

Quando o corpo se move com fluidez através de uma conexão surreal de pontos imaginários para criar uma foto do que realmente existe, não há espaço para contradições ou dualidade. Essa é a união alcançada através da sincronia perfeita dos movimentos externos do corpo com o Ser interior. O mistério do corpo e o poder da mente são descobertos, desencadeando uma explosão de radiação interior.

É um sentimento de liberdade sem paralelo. Lhe dá liberdade, no mais verdadeiro sentido da palavra, para competir com você mesmo e também sempre de forma tão natural.

Abordar o yoga como um grupo de movimentos estimulantes vai nos permitir suspender o uso do intelecto ao praticar e nos ajudará a nos sincronizarmos com a nossa cadência interior natural. É essa sincronia que é o núcleo de todas as definições do yoga. O Yoga é na verdade um presente da natureza para alinhar-nos com a nossa expansividade.

Abaixo, uma reflexão do amigo Diogo Camargo, musicoterapeuta e professor de Yoga, graduado em Musicoterapia pela FMU -SP e pelo Instituto de Yogaterapia de Campinas:

“A música para existir precisa de equilíbrio e conexão entre as partes que a compõe.
A comunicação só existe quando tem equilíbrio e conexão entre as partes envolvidas.
A saúde só existe quando tem equilíbrio e conexão entre as partes que compõe o ser humano.
Só existe entendimento e sabedoria quando há equilíbrio e conexão entre o pensar sentir e querer de um homem.
Portanto a máxima da vida em todas as suas partes é praticar algo que te leve a encontrar a conexão com os valores que tragam harmonia e equilíbrio em todas as ações e situações de sua vida, pois só assim conseguiremos enxergar a unidade que somos, conectando tudo a uma unica coluna, quando isso acontece, tudo que era limitado e perecível já não é o foco de sua percepção,dai então a inevitável libertação da ignorância acontece, o todo se torna conhecido por você, e você se realiza neste Absoluto que é você.”

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>