shoelaceA primeira vez que fui em uma aula de Yin Yoga, fez me sentir como se eu fosse gritar. Eu somente queria espaço e relaxamento e fez que eu refletisse sobre muitas coisas.

Eu também não percebi que teria que ficar na postura do pombo por volta de 7 minutos em cada lado. 7 minutos!!!

Fala Serio?!

Durante a aula e olhava para professora para ter certeza que ela ainda estava na sala. Toda a minha inquietação e agitação inspirou a professora a vir perto de mim e perguntar se eu precisava de uma almofada. NÃO! Eu não preciso de uma almofada para a postura do pombo respondi logo em seguida e pensando comigo mesma que almofadas era para os fracos! Submetendo eu mesma a 14 minutos até que a circulação de sangue  em minha mão parasse completamente. Eu fiquei relaxada.

De fato fiquei miserável mas esse foi meu inicio turbulento pelo caminho do Yin Yoga. Muito depois quando terminei o meu curso de instrutora, eu contei  essa historia ao meu instrutor que já tornou-se um grande amigo. Nós caímos na risada sobre o quanto eu não sou iluminada.

De volta para o presente:  Eu acabei de mudar para uma cidade nova com o meu marido e 3 semanas de casada. Eu não conheço ninguém. Existem estúdios de Yoga a 20 minutos em todas a direções e meu senso de direção é horrível. Eu me perco em caminhadas devido a complexidade da nova vizinhança.

Um beneficio inesperado de não ter amigos ou emprego ou habilidades de locomover-se por uma enorme cidade é que eu tenho tempo suficiente para aperfeiçoar minha prática. Depois da minha mudança eu comecei a praticar Yin Yoga por pelo menos 1 hora por dia.

Me trouxe muitas mudanças e algumas delas que acho mais importantes vou dividir com vocês:

  1. Esquecimento do Ego: Em uma aula dinâmica, estilo de classe yang, eu costumava olhar para as pessoas dos lados e tentava ranquear todos pela habilidade. Esse não é o proposito do Yoga.Mas sendo sincera, eu sinto que sou as vezes competitiva em minhas práticas. Posso ir ao limite de uma postura mas meus flexores dos quadris vão ao ponto de romperem e naquele momento todos os palavrões cruzam a minha cabeça incluindo aqueles em outras línguas. Enquanto isso, minhas companheiras de pratica estão com um leve semblante e parecem estar apreciando tudo.Mas no Yin, as posturas são executadas por um longo período que eventualmente faz começarmos a lidar conosco em um forma diferente. Aprendemos a usar e apreciar as almofadas para diminuir a tensão e aproximar-se do limite com mais honestidade. Não conseguimos enganar 10 minutos em uma postura dessa forma  devemos ser reais sobre o que nosso corpo pode fazer.
  2. Posturas Profundas: A teoria do Yin Yoga é que executando uma postura por um longo período move-se além do alongamento dos músculos e sim dentro dos tendões, ligamentos e fáscia do corpo. Assim alongando os tendões e não somente os músculos uma nova forma de alongamento é alcançada. Eu venho evoluído em posturas que antes nunca havia pensado em executar.Praticando de manha antes que os músculos estejam aquecidos. Faz os músculos não compensarem ao entrar em uma postura e você irá sentir que o tendão mais profundo está sendo alongado de uma forma que mudará a sua prática.
  3. Facilita a Meditação: Eu mantenho a meditação na minha lista de metas por muito tempo, mas eu nunca consegui acalmar para tomar os seus benefícios. Eu interrompia minha meditação a cada 30 segundos para olhar no relógio e ver quanto tempo restava . A grande vantagem do Yin é que a pratica faz o trabalho para você. Tente pensar sobre as compras que irá fazer mais tarde ao executar a postura do sapo por 5 minutos. Eu só penso na forma de escapar da dor!Brincadeiras a parte, até nas posturas mas suaves o corpo acha uma forma de relaxar profundamente. E esse relaxamento traduz em relaxamento mental. Eu tive um grande progresso para meditar através do Yin do que em outro método.
  4. Estabilidade Emocional: Qualquer fase da vida trás um único “pacote” de desafios emocionais. Um dos mais bonitos benefícios do Yin é o balanceamento do corpo e mente. Eu defini as intenções da minha pratica em deixar de lado as emoções negativas que possam estar debaixo da superfície. Eu separo um tempo para sentir quando eu estou com raiva, medo ou desapontada e então visualizo essa emoções indo embora. Elas não partem completamente mas criando espaço faz o progresso de conter essas emoções mais fácil .
  5. Energia: Nossa realidade está em alta velocidade. Executamos diversas tarefas ao mesmo tempo, agenda lotada e preenchendo cada minuto do nosso tempo com atividades. Poucas oportunidades de fazer uma coisa de cada vez. Muitas vezes verifico e-mails no banheiro.Toda essa pressa nos deixa cheios da energia Yang (Tipicamente associada como masculina, dominante e agressiva em qualidade) e em falta de energia Yin. Separando um tempo para restaurar o nosso  lado que suplica por silencio e ações calmas você irá imediatamente sentir um balanço na energia do corpo. (Se você começa todas as  manhas com 6 copos de café e sai freneticamente dirigindo pelas ruas, eu falo com você)

O nosso mundo esta ocupado o suficiente – É agressivo e  precisa de mais suavidade, mais reflexões e mais restauração.

Mais Yin.

Se as manhas não são o melhor momento para praticar, pode ser feito antes de ir dormir. Tente criar um ambiente calmo e se marido, cachorro ou qualquer um interromper. Não deixe isso perturbar.

A pratica irá absorver suas frustrações, eu prometo.

Uma feliz pratica meus amigos.

Autora convidada Laine Williams

 

CLIQUE AQUI E CURTA O BOA YOGA NO FACEBOOK.

Comments