Por toda nossa existência, valores que hora eram intocáveis, verdades cravadas em pedra, nos colocam em cheque e reflexão toda hora. E a personalidade tem um papel importante na relação dos valores que aprendemos, questionamos e adotamos.

A nossa personalidade é muito complexa. É constituída de elementos de diferentes criações e proposito e todos eles tem cede de desejos e satisfações de acordo com sua natureza de criação.

Afim de transcender essa inquietações (desejo e satisfação), precisamos aplicar um método sensato, cientifico, gradual, lento e cuidadoso ou seja sistemático. Avançando gradualmente, estágio por estágio a prática não deve ser baseada em qualquer renúncia ou interrupção súbita sob a forma de rejeição de nossos valores.

Mas sim, em aplicando o Yoga para um crescimento da personalidade em uma plenitude até o praticante conseguir superar os valores menores e não por rejeitar nenhum valor.

E o ponto mais importante! Não rejeitar as coisas mas superá-las pela compreensão, pelo cumprimento e aumento da compreensão.

A Vida espiritual não é uma rejeição dos valores por preencher o espaço da rejeição com outro mas  um preenchimento interno com um valor que transcenda outro valor.

 

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>