Muitas pessoas pensam em começar a praticar Yoga em casa mas não sabem como cultivar a disciplina que pode ser “solitária”.

O primeiro passo seria o de estender o tapete e começar mas sei que  isso seria um conselho obvio e sem ajuda alguma. Então aqui vão algumas dicas de  como praticar Yoga em sua casa, quintal, praia, ou em qualquer lugar que não seja num  estúdio ou com um professor conduzindo.

Tenha a sequência em mãos ou em vídeo

Para os que praticam Ashtanga talvez a sequencia já esteja na cabeça.

Uma  dica é adotar uma prática que tenha uma sequência ou sistema que facilita seguir as instruções ao invés de traçar sua própria aula (começo, meio e fim). Lembre-se de algo que você já praticou antes – Numa aula de natação o professor nunca falaria na primeira aula – Vamos para piscina nadar 1000 metros!

Não é assim. Você recebe instruções inciais de técnica dos braços, pernas e respiração assim como quando começamos a aprender um novo idioma. Dessa forma você vai juntando as informações na sua cabeça e repetindo, tornado mais fácil de você ter um programa que vai do inicio até o fim .

Tenha  alguma ideia do que você vai fazer antes de começar. Use um livro, papel com suas anotações, um pôster. Vai de cada um o que utilizar.

Prepare um lugar para praticar

Você não precisa ter estátuas de divindades ou queima de incenso , no entanto esses  materiais podem tornar o ambiente mais agradável mas a única coisa que você precisa é de um espaço que é grande o suficiente para caber um tapete de Yoga e que deixe você movimenta-se em todas as direções .

Se você quiser ser mais radical, não precisa de tapete algum…

Pense sobre a logística de como irá praticar: você gosta de ouvir música? Tem outras pessoas que você mora que precisa do espaço enquanto você prática? Qual é a temperatura do local? Todas essas são coisas a pensar.

Separe um tempo para praticar.

A melhor maneira de ficar comprometido com algo é separando um  tempo no seu dia para fazer.

Alguma vez você já jogou um esporte competitivo? Futebol,  academia, natação duas vezes por semana é chamado de  “Pratica” Quando você dedica horas específicas para certas atividades, você melhora e evolui e o mesmo é aplicado no Yoga.

Comprometa-se com um tempo para a prática

Convide pessoas para participar

Uma das razões das aulas em estúdios serem tão populares é por ser mais fácil manter a motivação quando outras pessoas estão persistindo ao mesmo tempo em uma postura.

Se você conhece outras pessoas que pratiquem Yoga, convide-as para praticarem com você. Convidando pessoas que tem objetivos semelhantes em termos de o que querem a partir da prática.

Comece com uma prática simples

Às vezes a preguiça irá bater. Então planeje algumas saudações ao Sol e garanto que você irá continuar até o fim. Se você está apenas começando, não planeje demais . Trace um pequeno objetivo que pode ser facilmente realizado assim você ganha consistência .

Esse é o ponto chave sobre praticar qualquer coisa, quando é realmente importante para você, você ganha impulso para evoluir. O trabalho torna-se prazeroso  porque você está comprometida.

A intenção desse artigo não é tirar os alunos de suas escolas mas sim de estimular a auto-pratica que tem benefícios que aulas não conseguem proporcionas.

Felipe Costa nascido em São Paulo, hoje mora no leste europeu, mais precisamente na Bratislava/Eslováquia. Ele gosta muito de dias de sol, utiliza a bicicleta como meio de transporte e adora alimentar-se de comidas saudáveis. É praticante de Ashtanga Yoga, adora aventurar-se em criar suas próprias dinâmicas e pesquisar sobre os benefícios físicos/mentais da prática de cada asana numa perspectiva prática dos tempos modernos. Felipe trabalha com tecnologia e também como editor/tradutor da Traço Editora e Boa Yoga. Seu sonho é iniciar um programa de Yoga para pessoas de baixa renda trazendo a arte milenar do Yoga para todas as pessoas.

Comments