O ditado “sem dor, sem ganho” não encaixa no Yoga . Se você está sofrendo, é um sinal de que você deve estar fazendo algo errado, ou simplesmente excedendo em algo. No entanto, algumas práticas são seguras mas muito intensa. Quando os isquiotibiais na parte traseira da coxa em dobramentos para frente ,por exemplo, pode causar uma sensação de desconforto que faz o praticante sair da postura, a solução, muitas vezes é de apenas pegar um pouco mais leve e aprofundar a  respiração e não forçar para continuar na postura. Se você notou uma dor aguda na parte de trás do joelho quando dobrando para frente pode indicar compressão nas estruturas internas das articulações, ou da tensão nos ligamentos e sua melhor ação é a de não forçar. “Continuar através de” qualquer dor aguda ou súbita ou qualquer desconforto vindo das articulações, é uma má ideia.

“Se você está sentindo dor a partir de uma articulação comum, esta não é uma boa dor. Não há nada nesta região que você queira alongar ou mudar. Pare. Verifique  o seu alinhamento e tentar fazê-lo de tal forma que você não tenha essa dor nas articulações. “

Leslie Kaminoff

Se isso não for possível, é uma indicação de que você não esta pronto para determinado asana.

Em geral, qualquer desconforto em alongamentos durante a pratica deve ser leve a moderado e deve ser principalmente localizado no ventre do músculo, em vez de perto de onde os tendões anexam aos ossos. Talvez você saiba onde os músculos estão, muito menos onde os tendões anexam, nesse caso é melhor falar com um professor sobre quaisquer sintomas que você está inseguro para errar do lado da cautela. Com tempo você irá aprofundar  a sua consciência da prática e você será capaz de julgar o que é seguro .

Comments