“Inspirando, eu sei que eu estou respirando.” É uma prática tão simples, mas que pode transformar sua vida. O grande mestre de meditação Thich Nhat Hanh ensina cinco exercícios de conscientização para ajudar a viver com felicidade e alegria.

O nosso verdadeiro lar não está no passado ou no futuro, o nosso verdadeiro lar está no aqui e agora. A vida só está disponível no aqui e no agora e é no agora que devemos nos sentir a vontade.

Consciência é a energia que nos ajuda a reconhecer as condições de felicidade que já estão presentes em nossas vidas. Você não tem que esperar 10 anos para experimentar a felicidade. Ela está presente em todos os momentos da vida. Há aqueles de nós que estão vivos, mas não sabem disso. Mas quando respiramos, e estamos ciente da inspiração, tocando o milagre de estarmos vivos. É por isso que a atenção plena é uma fonte de felicidade e alegria.

A maioria das pessoas são esquecidas; elas não estão realmente no presente. A mente está presa em preocupações, medos, raivas e arrependimentos e elas não estão cientes do presente. Esse estado de ser é chamado esquecimento-você está aqui, mas você não está . Você está preso no passado ou no futuro. Você não está no momento presente, vivendo profundamente. Isso é esquecimento.

O oposto do esquecimento é a plena consciência que é quando estamos realmente presentes juntos com a mente e corpo . Inspiramos e expiramos conscientemente trazendo a mente de volta ao corpo. Quando a mente está presente com o corpo, estamos presentes no momento. Então reconhecemos as muitas condições de felicidade que temos e que estão ao nosso redor e felicidade só vem naturalmente.

A prática da plena consciência deve ser agradável, não por esforço ou trabalho. Temos que fazer esforço para respirar? Não precisa fazer esforço. Para inspirar, é só respirar. Suponha que você esteja com um grupo de pessoas contemplando um belo pôr do sol. Você tem que fazer um esforço para apreciar o belo pôr do sol? Não, você não tem que fazer qualquer esforço. Você apenas se diverte.

A mesma coisa deve acontecer com a respiração. Permita que a respiração aconteça. Torne-se consciente disso e se divirta. Sem esforço. Prazer. A mesma coisa acontece com ao caminhar com consciência . Cada passo que damos é agradável. Cada passo ajuda a tocar as maravilhas da vida, em si mesmo e ao seu redor. Cada passo é a paz. Cada passo é a alegria. Isso é possível.

Durante o tempo em que estamos praticando consciência , paramos de falar, não só de falar para fora, mas a fala interior. A conversa interior é o pensamento, o discurso mental que se propaga dentro. Real silêncio é a cessação de falar-tanto pela boca e na mente. Este não é o tipo de silêncio que nos oprime. É um tipo muito elegante de silêncio, um tipo muito poderoso de silêncio. É o silêncio que cura e nos alimenta.

Consciência dá à luz a alegria e felicidade. Outra fonte de felicidade é a concentração. A energia da consciência carrega dentro de si a energia da concentração. Quando estamos cientes de algo, como uma flor e mantemos essa consciência, podemos dizer que estamos concentrado na flor. Quando a consciência se torna poderosa, a concentração se torna poderosa e quando estamos totalmente concentrado, temos a chance de fazer um grande avanço, para atingir percepção. Se meditamos sobre uma nuvem,  obtemos percepções sobre a natureza da nuvem. Ou quando meditamos sobre um seixo, e estamos em um estado de plena consciência e concentração, enxergamos a natureza do seixo. Pode-se meditar sobre uma pessoa e com consciência e concentração suficiente, podemos fazer uma descoberta e compreender a natureza dessa pessoa. Podemos até meditar sobre nos mesmos ou sobre nossa raiva, medo, alegria ou nossa paz.

Qualquer coisa pode ser um objeto de meditação e com a energia poderosa da concentração, podemos fazer grandes avanços e desenvolver percepções . É como uma lupa concentrada a luz do sol. Se colocarmos o ponto de luz em um pedaço de papel, ele vai queimar. Da mesma forma, quando a atenção e concentração são poderosas, a visão vai libertar você do medo, raiva e desespero, e trazer a verdadeira alegria,  paz e felicidade.

Quando contemplamos o nascer do sol, com atenção e concentração mais  beleza do nascer do sol é revelada. Suponha que ofereceram uma xícara de chá, perfumado e com um ótimo sabor. Se a sua mente estiver distraída, você não vai apreciar o chá. É preciso concentração  sobre ele, dessa forma que o chá pode revelar a sua fragrância . É por isso que a atenção e concentração são fontes de felicidade. É por isso que um bom praticante sabe como criar um momento de alegria, um sentimento de felicidade, a qualquer hora do dia.

Primeiro Exercício : Consciente Respiração

O primeiro exercício é muito simples e poderoso e o resultado pode ser muito grande. O exercício é simplesmente identificar a inspiração como inspiração e expiração como a expiração. Quando inspiramos, sabemos que esta é a nossa inspiração. Quando expiramos, estamos conscientes de que esta é a nossa expiração.

Basta reconhecer: esta é uma inspiração, esta é uma expiração. Muito simples, muito fácil. Para reconhecer sua inspiração como inspiração, temos que trazer a mente para o momento. O que reconhece a inspiração é a mente e o objeto da sua mente-o objeto da atenção plena-é a inspiração. Consciência é sempre ser consciente de algo, beber consciente, andar consciente ou respirar consciente.

Assim, o objeto de atenção é a respiração e apenas concentramos a atenção nisso. Inspirando, esta é a minha inspiração. Expirando, esta é a minha expiração. Quando fazemos isso, o discurso mental, vai parar. Não pensamos mais e não temos que fazer um esforços para parar os pensamentos e direcionamos a atenção para a inspiração e o discurso mental simplesmente para. Esse é o milagre da prática. Não pensamos no passado ou no futuro ou em seus projetos por está se concentrando em na respiração.

A respiração fica ainda melhor, podendo desfrutar da inspiração. A prática pode ser agradável, alegre. Alguém que está morto não poder mais inspirar mas como estamos vivo, respirando e enquanto respiramos sabemos que estamos vivos. A inspiração pode ser a celebração do fato de que estamos vivos e alegres. Quando estamos alegres e felizes sem que façamos esforço. Eu estou vivo; Estou respirando e “só”por isso já existe um milagre ou o maior de todos os milagres que é estar vivo e quando respiramos , tocamos esse milagre. Portanto, a sua respiração pode ser uma celebração da vida.

Uma inspiração pode levar três, quatro, cinco segundos, dependendo. É hora de sentirmos vivos, tire um tempo para desfrutar a respiração e não precisa  interferir nela. Se sua inspiração é curta, permitir que ela seja curta. Se a sua expiração é longa, deixá-a ser longa. Não tente forçá-la. A prática é simples reconhecimento da inspiração e expiração, isso é suficiente e vai ter um efeito poderoso.

 

Segundo Exercício : Concentração

O segundo exercício é enquanto respiramos, seguimos a inspiração a partir do início até o fim. Se a inspiração tem duração de três ou quatro segundos, em seguida, a consciência também dura três ou quatro segundos. Inspirando, seguimos a inspiração durante todo o tempo. Expirando, seguimos a expiração todo o caminho. Desde o início da expiração até o final da expiração, a mente está sempre engajada. Portanto, torna-se plena consciência ininterrupta e a qualidade da concentração é melhorada.

Assim, o segundo exercício é seguir a inspiração e a expiração todo o caminho. Sejam elas curtas ou longas, não importa. O que é importante é que seguir a inspiração a partir do início até o fim. A consciência é sustentada. Não há interrupção. Suponha que você está respirando e então pensa: “Ah, eu esqueci de desligar a luz no meu quarto.” Há uma interrupção. Cultivar a atenção e concentração, nos tornamos a própria inspiração. Você se torna a sua expiração. Continuando assim, a respiração se tornará naturalmente mais profunda e mais lenta, mais harmoniosa e pacífica. Não temos que fazer qualquer esforço, isso acontece naturalmente.

Terceiro Exercício : Consciência do Corpo

O terceiro exercício é o de tornar-se consciente do corpo enquanto estamos respirando.”Inspirando, eu estou ciente de todo o meu corpo.” Isso leva um passo adiante.

No primeiro exercício, tomamos  consciência da inspiração e expiração gerando a energia de consciência através da respiração consciente, podemos usar essa energia para reconhecer o corpo.

“Inspirando, estou consciente do meu corpo. Expirando, eu estou consciente do meu corpo. “Eu sei que meu corpo está presente. Isto traz a mente de volta para o corpo. Mente e corpo se tornam uma realidade. Quando a mente está com o corpo, estamos firmes no presente. Estamos totalmente vivos. Podemos estar em contato com as maravilhas da vida que estão disponíveis em nós mesmos e ao nosso redor.

Este exercício é simples, mas o efeito em unir corpo e mente é muito grande. Em nossas vidas diárias estamos raramente nessa situação. Nosso corpo está presente mas a nossa mente está em outro lugar. Nossa mente pode estar presa no passado ,futuro, em arrependimentos, tristezas, medos ou incertezas . Algumas pessoas podem estar presente em suas casas, mas não estão realmente lá. A mente esta com o futuro, com seus projetos e não está lá para os filhos ou seu parceiro. Talvez possamos dizer : “Alguém em casa?”, E ajudá-lo a trazer a sua mente de volta para a corpo.

Assim, o terceiro exercício é tornar-se consciente do corpo. “Inspirando, eu estou consciente do meu corpo.” Quando praticamos a respiração consciente, a qualidade da inspiração e expiração será melhorada. Há mais paz e harmonia em sua respiração e se continuar a praticar assim, a paz e a harmonia irão penetrar no corpo.

Quarta Exercício: Liberar a Tensão

O exercício seguinte é para libertar a tensão no corpo. Quando estamos  realmente consciente do corpo, percebemos que há alguma tensão, dor ou algum estresse. A tensão e a dor foram a cumuladas por um longo tempo e os nossos corpos sofrem, mas nossa mente não está lá para ajudar a soltá-lo. Portanto, é muito importante aprender a liberar a tensão no corpo.

É possível liberar a tensão praticando o relaxamento total e profundo, em uma posição sentada ou deitada. Enquanto estamos dirigindo podemos notar a tensão no corpo. Ansiedade para chegar e não aproveitamos o tempo que gastamos na direção. Quando enxergamos  a luz vermelha, ficamos ansiosos para a luz vermelha tornar-se uma luz verde para que possamos seguir viagem . Mas a luz vermelha pode ser um sinal. Ela pode ser um lembrete de que há tensão em você, o estresse de querer chegar o mais rápido possível. Se reconhecermos que podemos fazer uso da luz vermelha, sentaríamos e relaxaríamos – o sinal está vermelho para praticar a respiração consciente e liberar a tensão no corpo.

Então, da próxima vez que você estiver parado em um sinal vermelho, você poderá apreciar o momento e praticar o quarto exercício: “Inspirando, eu estou consciente do meu corpo. Expirando, eu libero a tensão no meu corpo. “A paz é possível, naquele momento e esse exercício pode ser praticado muitas vezes ao dia- No local de trabalho, enquanto você estiver dirigindo, cozinhando, enquanto você está fazendo os pratos, enquanto estiver a regando as plantas.

Medite Andando

Quando praticamos a respiração consciente você simplesmente permite que na respiração tenha o seu lugar. Nos tornamos conscientes e nos divertimos. Esforço. A mesma coisa acontece com andar atento. Cada passo é agradável. Cada passo ajuda a tocar as maravilhas da vida. Cada passo é a alegria. Isso é possível.

Você não tem que fazer qualquer esforço durante a meditação andando, porque é agradável. Você está presente, corpo e mente juntos. Você está totalmente vivo, totalmente presente no agora. A cada passo, você toca as maravilhas da vida que estão em você e ao seu redor. Quando você anda assim, cada passo traz a cura, paz e alegria, porque a cada passo existe um milagre.

O verdadeiro milagre é não voar ou andar sobre o fogo. O verdadeiro milagre é caminhar sobre a Terra e podemos executar esse milagre a qualquer momento. Basta trazer a sua mente em casa para o seu corpo, tornam-se vivo e realizamos o milagre de caminhar sobre a Terra.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>